O pai nerd

Preparando a Geração Z para o mundo
  • scissors
    25/06/2010Cultura

    A banda Hevisaurus é um bom começo, apesar do keytar ser meio poser:

    Tags: , , ,
  • scissors

    Do branco

    Eu sou um pai de muita sorte. Na sexta-feira, a minha filha estreou como bailarina, ainda dentro da barriga da mamãe. O espetáculo é uma celebração da obra coreográfica de Eva Schul, uma das artistas de dança moderna mais importantes do Rio Grande do Sul, senão do Brasil. A Tati fez parte do grupo Ânima e agora está dançando de novo esse solo de 1994.

    A foto é de Sofia Schul.

    Tags: , , , , , ,
  • scissors
    10/06/2010Cultura

    Alguns pais nerds não se contentam em filmar as gracinhas espontâneas dos filhos. Em vez disso, recriam clássicos da alta cultura mundial:

    Já o pai responsável pelo vídeo abaixo, o produtor de cinema Patrick Boivin, é o que pode ser classificado como Übernerd:

    Tags: , , , , , ,
  • scissors
    17/05/2010Consumo, Cultura, Educação

    O Rogério Christofoletti, outro pai nerd, se viu com o mesmo problema que tenho enfrentado: encontrar bons livros sobre puericultura e pedagogia. Ele sugere Sob Pressão, de Carl Honoré, um ativista do Movimento Slow. Para quem quiser ter uma idéia da proposta de puericultura vagarosa, vale a pena ler essa entrevista com Honoré. Abaixo, um trecho traduzido por mim:

    Paternidade Slow é trazer equilíbrio para o lar. As crianças devem lutar e se esforçar por seu próprio bem, mas isso não significa que a infância tenha de ser uma corrida. Pais Slow dão a seus filhos tempo e espaço o bastante para explorar o mundo em seu próprio ritmo. Eles mantém a agenda familiar sob controle, de modo que todo mundo tenha tempo livre para descansar, refletir e estar junto. Eles aceitam que se virar do avesso para dar aos filhos o melhor de tudo pode não ser sempre a melhor política (porque isso priva os filhos de uma lição de vida muito mais útil, que é como aproveitar melhor o que você já tem). Paternidade Slow significa permitir que nossas crianças descubram quem elas são, em vez de quem nós gostaríamos que elas fossem. Significa deixar as coisas acontecerem, em vez de intervir e forçá-las. Significa aceitar que os tipos mais ricos de aprendizado e experiência muitas vezes não podem ser medidos ou apresentados lindamente num currículo. Pais Slow entendem que a puericultura não deve ser uma mistura de competição esportiva e desenvolvimento de produto. Não é um projeto; é uma jornada. Paternidade Slow é dar às crianças muito amor e atenção, sem impor condições.

    Tags: , , , , ,
  • scissors
    27/04/2010Cultura

    O blog Curious Pages faz resenhas algo sarcásticas de livros infantis americanos. As críticas abordam tanto a história quanto as ilustrações, sob o mote “recomendações de livros infantis inapropriados”. O autor é o escritor e jornalista George Saunders.

    Apropriadamente, o cabeçalho traz Struwwelpeter, personagem que dá nome a uma coletânea de historietas alemãs de cunho pedagógico, publicada em 1845 por Heinrich Hoffmann. Struwwelpeter é um garoto que nunca penteia os cabelos, não corta as unhas e não toma banho, o que torna sua aparência abjeta.

    Struwwelpeter

    Este livro pode estimular as crianças a refletir sobre a história de Harriet e os fósforos (ela ignora os avisos de não brincar com os mesmos e termina como um montinho de cinzas) ou de Conrad, o chupador de dedão (cujo apêndice é finalmente cortado pelo alfaiate do tesourão).

    Desde antes de estarmos grávidos, tenho comprado os livros infantis interessantes que encontro, especialmente os mais esquisitos ou desafiadores. Andei comprando inclusive alguns em língua estrangeira, que resenharei oportunamente. O Struwwelpeter já está na biblioteca da pequena senhorita Da Rosa Träsel.

    Tags: , , , , , , , ,
  • scissors
    27/02/2010Cultura

    LAERTE-07-02-10.jpg

    Mais uma tira genial do insuperável Laerte Coutinho.

    Tags: , , ,